Ensaiando

Epiderme


Você me tocou

Sua mão percorre meu corpo,

não aguento, fico louca

e me arrepio toda então.


Quente, louco e macio

seu toque é doce desvario,

convite a uma grande paixão.

Percorre, passeia e permeia

minhas costas, meus braços e minhas coxas roliças

e eis que me contorço deixando um gemido torturado escapar.

Não resisto às suas mãos macias e rudes,

e em meio aos meus gemidos,

peço-te para nunca mais parar.

É um prazer que sinto agora

e eis que logo sem demora

fecho os olhos me entregando ao seu sabor.

Tão forte e suave é seu toque,

que é bem simples, sem demora;

Peregrina com devoção todo o meu corpo,

numa lenta procissão.

O meu corpo tu conheces todas as rotas;

Navegastes em meus mares

sem marujo, capitão,

bússola ou tripulação.

Só você que me tocou, me conhece toda então.

Não somente o corpo, mas sim então meu próprio coração.


(Guto Santos)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às quinta-feira, 4 dezembro, 2008 por em Poesia e marcado , , , , .

Meu perfil

Agendando

dezembro 2008
D S T Q Q S S
    jan »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Categorias

Ranking + votados

Estatísticas do Blog

  • 72,429 visitas
Atualizado 06/2015: Locations of visitors to this page

Principais postagens

%d blogueiros gostam disto: