Ensaiando

FBI agindo secretamente no Brasil ?!


 

FBI - observando

Mais uma vez essas notícias de ingerência diante dos outros países, atuando como se fossem a “polícia do mundo”, cria justamente o efeito contrário do que supostamente se objetiva. No Brasil não é novidade, desde o governo Vargas, onde o monitoramento misturou-se à política interna da época do totalitarismo.Não bastando também a instalação de bases militares “estratégicas” em vários países do mundo. Pra que?

Enfim, não sei de onde vem essa coisa americana de procurar chifres em cabeça de cavalo e caso não consigam encontrar, fabricam um. Caso concreto, onde mediante interesses, financiaram e providenciaram armamentos para guerras locais,  que eram do seu interesse e depois a coisa fugiu do controle. Será que não percebem que a imagem americana está estereotipada mundo afora e que ações “secretas” só fazem piorar. Pobre ego do Tio Sam, devem “se achar” mesmo.

 

Com informação de "isca", FBI investigou 12 pessoas no Brasil

Entre os investigados, está um árabe que falou de fazer negócios com a fonte.

O FBI, a polícia federal norte-america, confirmou em documento que o radialista Harold "Hal" Turner veio ao Brasil como seu informante e, como resultado da viagem, 12 pessoas foram investigadas, informa Sérgio Dávila em reportagem publicada neste domingo na Folha (íntegra somente para assinantes do jornal ou do UOL).

Segundo a reportagem, os nomes dos investigados foram enviados à Embaixada dos Estados Unidos em Brasília e à unidade antiterror na sede, em Washington.

No documento, apresentado a um tribunal de Nova York, um agente do FBI Stephen Haug elogia a atuação do informante no Brasil. Entre os 12 investigados, está um árabe que falou de fazer negócios com a fonte.

No domingo passado, a Folha revelou que Turner se encontrou em Curitiba com o sírio naturalizado brasileiro Mouthi Ibrahim, presidente da Sociedade Árabe Brasileira. Procurado pela reportagem, ele confirmou o encontro, mas negou o teor da conversa conforme narrada por Turner e, agora, pelo agente.

O informante e o agente do FBI não podem falar sobre o processo, que está em segredo de Justiça em Nova York. Procurada, a Embaixada dos Estados Unidos em Brasília disse apenas que não tem informações adicionais sobre o caso.

Folha de S. Paulo – 13/11/2009

 

 

 

Conferir:

FBI mandou "isca" ao Brasil para mapear extremistas

Ex-chefe do FBI: A polícia brasileira é nossa

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às domingo, 20 dezembro, 2009 por em Notícia e marcado , , .

Meu perfil

Agendando

dezembro 2009
D S T Q Q S S
« out   jan »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Categorias

Ranking + votados

Estatísticas do Blog

  • 73,101 visitas
Atualizado 06/2015: Locations of visitors to this page

Principais postagens

%d blogueiros gostam disto: