Ensaiando

Documentário "O Lado Negro do Chocolate" – legendado ptbr


(Atualizado em 03/04/2017)

 

Documentario_chocolate

 

O Documentário “O Lado Obscuro do Chocolate” ou “O Lado Negro do Chocolate” pode ser encontrado no youtube, voluntariamente legendado em português e dividido em 4 partes de cerca de quinze minutos cada.

Parte 1 (trecho):

Vale a pena conferir e refletir sobre o trabalho investigativo da equipe do premiado jornalista dinamarquês, Miki Mistrati, que decidiu investigar os rumores e trouxe a tona provas concretas da situação de trabalho infantil e tráfico de crianças de Mali para as plantações de cacau do país vizinho, Costa do Marfim, que responde por cerca de 42% da produção mundial de cacau. Tudo continua a acontecer apesar de empresas como a Nestlé, Barry Callebaut e Mars terem assinado em 2001 o Protocolo do Cacau (Protocolo de Harkin-Engel), comprometendo-se a erradicar totalmente o trabalho infantil no setor até 2008. Eis um amargo dilema… será que o chocolate que compramos e saboreamos tem esse gosto amargo???

 

 

O Lado Negro do Chocolate – Versão Resumida

 

 

 

O Lado Negro do Chocolate – Documentário Legendado PT (completo)

 

 

 

 

 

Postagem anterior neste blog:  – Para você pensar na sua Páscoa de 2017 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Meu perfil

Agendando

março 2011
D S T Q Q S S
« fev   abr »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Categorias

Ranking + votados

Estatísticas do Blog

  • 72,429 visitas
Atualizado 06/2015: Locations of visitors to this page

Principais postagens

%d blogueiros gostam disto: